• Thiago Barcellos

Animações dos anos 80 que você QUASE esqueceu I PARTE 1: "Os Fantasmas"



Antes, bem antes de virar uma espécie de animação renegada por uma turba e, posteriormente, um filme homônimo da Columbia (agora Sony), as aventuras dos caçadores de fantasmas da Filmation era uma série live-action da norte-americana CBS dos anos 70 chamada The Ghost Busters que, no Brasil, foi batizada de Trio Calafrio. A série era exibida na Globo, nos anos 80, na Sessão Aventura.


Com uma mescla bem dosada entre comédia e terror, o seriado girava em torno dos detetives Eddie, Jake e o gorila Tracy que armados de equipamentos estranhos, viviam de capturar espíritos famosos do passado.


Após uma única temporada, a série foi cancelada e sete anos depois, aproveitando o sucesso alcançado pelo filme Os Caça-Fantasmas, a Filmation resolveu trazer de volta seus caçadores de assombrações, mas dessa vez em formato de desenho animado.


Trio Calafrio: os pioneiros na perseguição de ectoplasmas.

Nessa época, a Filmation já havia se tornado uma potência da animação, muitas vezes batendo de frente com a Hanna-Barbera, graças ao sucesso mundial de He-Man e She-Ra. O estúdio, que foi fundado por Lou Scheimer (falecido em 2013), Hal Sutherland (artista da Disney) e Norm Prescott, foi adquirido pela TelePrompTer Corporation, que em 1981 foi incorporada a Westinghouse Electric Corporation. As atividades da Filmation encerraram em 1989, quando parte de seu catálogo foi vendido.


O desenho da Filmation era uma continuação da série. A animação mostrava os filhos (inclusive o gorila) dos heróis originais e que tinham o mesmo ofício dos pais, ou seja, o de capturar espíritos. Novos personagens surgiram: a repórter Jessica; Futura; um mascote, mezzo suíno, mezzo morcego; um quartel general apinhado de assombrações e um automóvel falante e cheio de opiniões.


Os Exterminadores de Fantasmas: filho de peixe...

Em relação à série animada, Scheimer relembrou um episódio curioso em uma entrevista em 2007: “Tínhamos um gorila como um dos personagens da série live-action dos anos 70 e a Columbia Pictures colocou um homem negro na equipe do filme Os Caça-Fantasmas. Um dia, eu recebi um telefonema. Meu interlocutor ficou horrorizado por termos transformado o afro-americano em um macaco. E tentei explicar: 'Não, você não está entendendo; o gorila é uma ideia original nossa e ela é bem anterior ao filme'. Foi triste. Não consegui convencer aquele cara de que, de alguma forma que aquilo não se tratava de um plágio e éramos inocentes".


Aquele logo clássico que faz o miocárdio bater mais forte

Por aqui, o título da série virou um pandemônio - trocadilho infame por conta da casa.


O nome digamos, "oficial" é Os Fantasmas, mas informalmente é chamado de Os Exterminadores de Fantasmas. Isso pelo fato de a animação ter duas versões brasileiras; a primeira data de 1987, quando foi exibida pelo SBT com o título de Os Exterminadores de Fantasmas e com a dublagem feita pela Herbet Richers. Em 2005, o canal pago Boomerang encomendou uma nova dublagem e batizou a série animada de Os Caça Fantasmas (sem o hífen mesmo).


Ao longo do desenho, os heróis enfrentam as tétricas maquinações do Líder Mau, uma criatura estranhíssima; meio esqueleto, meio robô que vive na Zona do Medo e deseja destruir os Exterminadores de Fantasmas/Caça Fantasmas, whatever.






18 visualizações0 comentário
GoogleMaps Logo Shadow.png