• Thiago Barcellos

Disney+ revela nova coletânea da Pixar Animation e um documentário. Confira!



A plataforma de streaming da Casa do Mickey, a Disney+, anunciou

sua coletânea de animações do programa SparkShorts, da Pixar Animation Studios.


Com estreia na plataforma em setembro, a coleção contará com dois novos curtas, intitulados Twenty Something, da diretora Aphton Corbin, e Nona, do diretor Louis Gonzales. Já A Spark Story, é um documentário de longa-metragem dos diretores Jason Sterman e Leanne Dare.


Com uma animação desenhada à mão, Twenty Something examina os desafios e as incertezas da vida adulta. Em certos dias você está acertando em cheio, enquanto em outros, você é apenas uma criança insegura, escondida sob pilhas de roupas, esperando que ninguém te perceba.


A protagonista do filme é Gia e que se encontra na exata noite da "comemoração" de seu aniversário de 21 anos. Twenty Something é produzido por Erik Langley e vai estrear na plataforma em 10 de setembro.



Nona gira em torno de uma avó que planeja passar seu dia de folga assistindo a seu programa de TV favorito, o E.W.W. Smashdown Wrestling. No entanto, quando sua netinha de 5 anos, Renee, é deixada inesperadamente em sua casa, Nona fica presa entre suas duas coisas prediletas. Renee quer brincar, enquanto a normalmente amorosa Nona luta contra o desejo de assistir TV e o de ficar com a pequena. A animação, produzido por Courtney Casper Kent, será lançada no serviço de streaming em 17 de setembro.


A Spark Story é uma coprodução da Pixar e do Supper Club (Chef's Table). O documentário oferece um olhar íntimo sobre o processo de filmagem do SparkShorts da Pixar, aprimorando-se especificamente nos processos de Corbin e Gonzales, enquanto eles se esforçam para trazer suas visões profundamente pessoais para a tela. Jason Sterman, Brian McGinn e David Gelb são os produtores. O filme estreia na Disney+ em 24 de setembro.



SparkShorts, pra quem não sabe, é um programa de curta-metragem lançado em 2018, que dá às cabeças criativas da Pixar seis meses para montar uma equipe e dar vida a um projeto. Cada um recebe um orçamento limitado e se junta a um produtor, subsequentemente navegando na montanha-russa emocional de assumir um papel de liderança e inspirar sua equipe. Não há uma regra principal. Os cineastas são movidos pela necessidade de contar uma história e pela abordagem ágil para fazê-lo.


Nos poucos anos desde o lançamento do programa, vários de seus curtas foram aclamados e premiados. No ano passado, Kitbull de Rosanna Sullivan foi o primeiro a receber uma indicação ao Oscar de Melhor Curta de Animação.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
GoogleMaps Logo Shadow.png