• Thiago Barcellos

Fraternidade mórbida



Baby Jane (personagem de O que terá acontecido a Baby Jane?, 1962) é uma pessoa insuportável, banal, desprezível e débil.


Sua irmã, interpretada por Joan Crawford, nutre uma relação de amor e ódio por ela, desembocando em uma paixão unidimensional.


Bette Davis é Baby, hoje idosa, e que há décadas foi estrela de cinema. Um dia, sumiu.


Crawford, adulta, ascendeu. E Bette não se conformará e se acasula num mundinho só dela, num lugarejo infantil e estranhamente mórbido, fechada num quarto. Ela quer vingança.



O filme de Robert Aldrich, que não é terror, é no entanto, bastante sombrio.


O longa, thriller dos bons, nunca nos deixa com uma única opinião definida sobre qualquer das personagens ou acontecimentos.


Acontece nas melhores famílias.

3 visualizações0 comentário
GoogleMaps Logo Shadow.png